Fundado em 1898 por um grupo de remadores, o Vasco completa 120 anos de existência nesta terça-feira. Com cerca de 70 títulos conquistados em toda a sua história, o clube promete uma comemoração de aniversário diferente para esta ocasião, com a revelação de um mascote inédito: o “Novo Almirante”.

Além das conquistas, o Cruzmaltino também abrigou em seu uniforme diversos jogadores notórios do futebol brasileiro, como Edmundo, Romário, Roberto Dinamite, Vavá, Pedrinho, Juninho Pernambucano, Mauro Galvão, Carlos Germano, entre tantos outros.

Enquanto comemora 120 anos, o Vasco acumula 91 tendo São Januário como seu estádio. O gramado da Colina foi inaugurado contra o Santos, em 1927, e também serviu como palco para a Copa do Mundo de 1950.

Representado pela cruz de malta, que é símbolo do clube e da força vascaína, o time carioca carrega em seu escudo e uniforme a cruz pátea, que se diferencia da cruz de malta pelo formato dos “braços”. Qualquer seja o símbolo de fato, o que importa é a cruz, em si, que há 120 anos ajuda a compor a história do Vasco.

Os últimos anos não foram os melhores da equipe. Foram três rebaixamentos para a Série B, em 2007, 2013 e 2015. Além de todo o drama dentro das quatro linhas, o Gigante da Colina vive uma turbulência política que parece não ter fim. Contudo, nada apaga uma das mais lindas histórias no futebol e toda a sua importância no cenário nacional e internacional.

Gazeta Esportiva

COMPARTILHAR