“Serão 3 blitz em 3 lugares diferentes da cidade, simultaneamente”, afirma prefeito Ivo Gomes durante audiência pública em Sobral

O auditório do Centro de Convenções, em Sobral, recebeu na noite desta terça-feira (13), a segunda audiência pública para debater o Plano de Mobilidade Urbana da cidade. Professores, taxistas, mototaxistas e população em geral estiveram presentes no evento.

Durante a apresentação do novo plano de mobilidade, um mototaxista criticou a segurança pública da cidade e a falta de fiscalização no Residencial Nova Caiçara, onde se nota um número elevado de mototaxistas que trabalham de forma irregular no local.

“A Câmara dos vereadores aprovou hoje um projeto de lei autorizando a Prefeitura de Sobral dar dinheiro para a Polícia. Vou pagar 90 mil reais por mês à Polícia Militar para colocar mais 20 policiais na rua, pagando hora extra para eles”, ironizou Ivo Gomes, respondendo ao primeiro questionamento do mototaxista.

O prefeito sobralense disse ainda, que a Guarda Municipal e a Polícia Militar irão trabalhar em conjunto. Ele questionou algumas reclamações e defendeu o Residencial Nova Caiçara ao ter escutado de um mototaxista que eles recebem ameaças quando trabalham no local.
“Estão reclamando do videomonitoramento. Vai ter muito problema em Sobral. Eles (policiais) vão fazer também a fiscalização (…) Agora o caiçara, especificamente, tem um problema de falta de mototáxi. Vamos acabar com esse negócio de que o caiçara é o inferno de Sobral”, destacou.

Em relação às fiscalizações no trânsito sobralense, Ivo foi “curto e grosso”. “Serão 3 blitz em 3 lugares diferentes da cidade, simultaneamente. Todo dia, de segunda a segunda daqui pra frente no meu governo”, concluiu

Sobral Portal de Notícias