Os sobralenses ficaram surpresos com a decalaração do presidente da Câmara de Vereadores de Sobral, Paulo Vasconcelos, que se diz inquieto com a falta de condições das polícias de Sobral em investigarem o roubo de três tbalets do plenário da Casa que ele preside.

O vereador presidente não deveria reclamar das polícias a inadimplência, a incompetência, a falta de operosidade… Enfim. O papel do vereador num momento como esse seria o de criticar o governador Camilo Santana por ter polícias fracas e contingentes minguados, o que prova a inabilidade do governo quanto a dar segurança ao povo do Estado.

Outra coisa, senhor presidente, não fale somente em nome da Câmara e dos tablets, mas de toda a comunidade sobralense, que vive exposta à ladroagem, já que o senhor é um representante comunitário.

O Ceará é uma estado falido e atrasado em matéria de segurança pública. Hà muito o governador perdeu a moral para os bandidos e chegou ao ápice da indisposição em combater os cargas tortas. Quando um governo perde o poder de comando o seu estado passa a ser um ninho de cobras.

Vereador Paulo Vasconcelos atine para a necessidade de vossa excelência assumir-se como presidente de um Legislativo de uma das cidades mais importantes do Brasil e cobrar ações do Governo do Estado, mesmo sendo o senhor desautorizado a fazê-lo. A culpa está nele, está no ex-governador, está no Judiciário, porém o senhor critica a ineficiência das polícias, tal qual o fez o prefeito da Cidade.

Sobral está insegura é pela falta de compromisso dos gestores, que nunca deram atenção à segurança pública e encaram policiais como cambistas, que diariamente levam dinheiro para os bicheiros.

COMPARTILHAR