Por
Edwalcyr Santos

Unidade, que funcionava há 25 anos e atendia cerca de 40 mil pessoas, foi desativada

A inauguração da UPA – Unidade de Pronto Atendimento, no vizinho bairro do Parque  Santo Antônio, no último dia 4 de julho, não foi uma boa notícia para os moradores do Sinhá Saboia. É que o prefeito Ivo Gomes aproveitou a ocasião para fechar a Unidade Mista de Saúde que atendia cerca de 40 mil pessoas do bairro e vizinhança. Além do deslocamento para outro bairro, os moradores temem pela insegurança. A demarcação de territórios de grupos de gangues rivais é principal motivo da preocupação.

Professora Joelma Gomes Ferreira 

O Sobral News ouviu a Coordenadora da Atenção Especializada à Saúde de Sobral, Tarciana Ferreira Serafim, que assegura à população que não haverá descontinuidade no atendimento e que a UPA tem o mesmo perfil, urgência e emergência. Ela afirma ainda que a nova unidade tem estrutura maior e atendimento mais amplo. “Um dos maiores ganhos, além da estrutura e do equipamento é a questão da Odontologia que receberá Urgência e Emergência com atendimento 24h, inclusive sábado, domingo e feriado com equipe especializada, coisa que a cidade de Sobral não tinha”.

Mas a população está desconfiada. Conceição Ripardo, auxiliar de produção, usuária da antiga Unidade por muito tempo, acredita que o atendimento na UPA não será o mesmo. A dona de casa Maria Aldenúzia Portela, moradora do bairro Dom José, disse que a UPA pode ser bonita, mas teme falha no atendimento. A professora Joelma Gomes Ferreira afirma que o fechamento da Unidade Mista é uma perda para a população do Grande Sinhá Saboia, pois terá que se deslocar para outro bairro e lembra a questão da violência.

A Unidade Mista de Saúde, inaugurada pelo então governador Ciro Gomes, em 1994,  funcionou no grande Sinhá Saboia durante 25 anos atendendo cerca de 40 mil habitantes.

Sobre o que será feito do prédio onde funcionava a Unidade Mista, a coordenadora nos passou que, no momento será usado pelo CSF – Centro Saúde da Família, que sempre funcionou no mesmo prédio e posteriormente será demolido para a construção de uma grande Unidade Básica de Saúde para quatro equipes de Saúde da Família, ainda sem previsão de início das obras.

UPA dificulta entrada de pacientes com acompanhantes

A UPA Hugo Mendes Parente, inaugurada quinta-feira, 04 de julho, no bairro Parque Santo Antônio, é alvo de reclamações por parte de alguns acompanhantes de pacientes que estão sendo barrados. De acordo com informações levantadas pelo Sobral News, a restrição é aplicada somente em alguns casos. A reportagem do jornal procurou falar com a responsável pela Unidade que estava de plantão neste domingo, 07, identificada pelo guarda apenas por “Jandra”, para explicar o fato, mas não foi recebida.

A dona de casa Ana Célia, residente no distrito de Taperuaba que saiu do trabalho e foi à UPA, aflita, à procura de informações sobre seu filho, que tinha dado entrada com acompanhante, recebeu a orientação de  que não podia entrar e nem fazer a troca de acompanhante. Indignada, Ana Célia disse acha muito errado, ela, como mãe, não poder estar com o filho neste momento delicado. Outras pessoas que não quiseram se identificar relataram o perigo de assaltos e de estarem expostas ao sol.

A UPA, inaugurada com a presença de autoridades municipais e estaduais, é fruto de uma parceria com o Governo Federal, que bancou a maior parte dos recursos – R$ 1.752.556,14. A contrapartida do município foi no valor de R$ 1.486.181,76, em obras. O Governo do Estado entrou com os equipamentos.

 

COMPARTILHAR