A Justiça do Rio de Janeiro determino a prisão do ex-jogador Roberto Carlos por conta de atraso na pensão alimentícia de um de seus nove filhos. De acordo com o colunista Leo Dias, a carta precatória chegou ao tribunal de São Paulo para que a ordem fosse cumprida assim que o pentacampeão mundial chegar ao Brasil e for encontrado.
O processo judicial foi movido pela mãe do menino, Barbara Thurler e estima-se que Roberto Carlos esteja devendo mais de R$ 60 mil. O decreto ainda exige que o ex-jogador fique preso por três meses em regime fechado e só será libertado após o pagamento do valor acima citado.
O ex-atleta alegou dificuldades financeiras para o pagamento de pensão, mas a Justiça ainda rejeitou o pedido do parcelamento da dívida. Ainda segundo o colunista, Rebecca, filha mexicana do ex-seleção brasileira, não recebe pensão há dois anos. Ela, inclusive, esteve em Madri durante dez dias, mesma cidade na qual o pai reside, mas não recebeu nenhuma visita.
IG esporte
COMPARTILHAR