Enganam-se os aliados e admiradores de Ivo Gomes quando dizem que a decisão do juiz eleitoral da Comarca de Sobral, Fábrio Medeiros Falcão de Andrade, não vai dar em nada. O fato repercute em todo o país e ganha espaço, desde ontem, nos principais canais da mídia nacional, isto pelo fato de Ivo ser irmão do suposto presidenciável Ciro Gomes (PDT).

“O estrago é incalculável”, disse um aliado do prefeito. acrescentando que a repercussão da cassação do prefeito e de sua vice enterra a candidatura do Ciro, bem como os projetos políticos de Cid, este que também vai ter que se defender da inclusão do seu nome na lista da JBS, como tento recebido quase R$ 25 milhões em propina.

A sentença foi publicada no Diário de Justiça Eleitoral do Ceará nesta terça-feira 28. O documento relata que os investigados praticaram abuso de poder político e econômico ao demitir funcionários públicos adversários, trocar água por votos e asfaltar vias públicas em véspera da eleição.

A ação contra Gomes foi promovida pelo deputado federal Moses Rodrigues(PMDB-CE), adversário do político nas eleições municipais de 2016 para a cidade de Sobral. À época, Rodrigues ficou em segundo lugar na corrida eleitoral com 40% dos votos.

COMPARTILHAR