Dr. Oscar Rodrigues Jr., Daniel Rontgen, Neide Martins, Moses Haendel, Fábio Palácio, Acy Milhomem e Angela Rodrigues (Foto: Divulgação)

Um passo importante para a implantação de um novo curso de Medicina em Sobral foi dado na manhã desta segunda-feira (13). O Banco do Nordeste do Brasil (BNB) e as Faculdades INTA assinaram a liberação de recursos para a construção das instalações e compra de equipamentos que garantirão o funcionamento da nova graduação.
Os R$ 11 milhões são oriundos do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE), destinado exclusivamente à região e municípios dos estados de Minas Gerais e Espírito Santo incluídos na área de atuação da Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene). O INTA entrará com cerca de R$ 5 milhões de contrapartida, totalizando R$ 16 milhões em recursos. O curso contará com um hospital de referência que será mais uma opção de atendimento na região Norte do Ceará.
“O curso de Medicina foi solicitado ao Ministério da Educação (MEC) e terá à sua disposição um moderno hospital que dará suporte aos cursos da área de
saúde das Faculdades INTA, como Enfermagem, Farmácia, Nutrição, Fisioterapia, Serviço Social”, afirma o Diretor Geral do INTA, Dr. Oscar Rodrigues Junior.
De acordo com Fábio Palácio, gerente da Agência do Banco do Nordeste em  Sobral, esse é o primeiro financiamento desse porte realizado com Instituições
de Ensino Superior locais. “Esse investimento é histórico para a educação de Sobral, afi nal é a instalação de mais um curso de Medicina na cidade. Eu, que vim de Juazeiro do Norte, vi a diferença de quando foi instalada a primeira Faculdade de Medicina no município. A cidade cresceu e o BNB percebeu isso. A partir desse empreendimento pronto, Sobral e a Região Norte devem ser beneficiadas com desenvolvimento semelhante”, afirma.

Já o Diretor Geral das Faculdades INTA, Dr. Oscar Rodrigues Junior, comemora o início do projeto. “É um antigo sonho que já passava da hora de ser realizado. Ainda este mês iniciaremos as obras das instalações do curso, que certamente trará inúmeros benefícios para o nosso município. O curso de Medicina das Faculdades INTA atenderá à expressiva demanda reprimida por profissionais em nosso estado”, avalia.

Sobre o FNE


Criado em 1988, o FNE é provido de recursos federais, sendo destinado ao fi nanciamento de investimentos de longo prazo e, complementarmente,
capital de giro ou custeio. Além dos setores agropecuário, industrial e agroindustrial, também são contemplados com financiamentos o turismo, comércio, serviços, cultura e a infraestrutura econômica da região.

Anualmente, são disponibilizados cerca de R$ 12 bilhões anuais pelo fundo,
que atende a 1.990 municípios situados nos nove estados que compõem a região Nordeste e no Norte dos estados do Espírito Santo e de Minas Gerais.

Jerfson Lins
jlins@sobralnews.com.br

COMPARTILHAR