Absoluto sucesso. Parabéns aos promoventes, organizadores e o público.

Posted by Silveira Rocha on Monday, August 13, 2018

O grupo Oscar Rodrigues Júnior (Gorj) provou com a realização da 1ª EXPONOROESTE, ser tão bom no agronegócio quanto o é no setor da Educação. O acervo de máquinas e equipamentos, a qualidade dos rebanhos e toda a estrutura de fazendas garantem ao grupo destaca posição na região norte do Ceará. De acordo com o diretor presidente do grupo, empresário Oscar Rodrigues Júnior, há uma forte perspectiva de que a Gorj Agropecuária se posicione, nos próximos anos, entre as maiores produtoras de leite in natura do Brasil.

O potencial que hoje o Gorj detém no setor do agronegócio começa a ser apresentado para criadores de todo o Brasil. A realização da I EXPONOROESTE, nos dias 9, 10 e 11 deste mês, no Shopping do Boi, estrutura gigantesca e própria para eventos da natureza, foi a porta de entrada para a comunidade do agronegócio dar início a uma estreita relação com a Gorj Agropecuária, na troca de experiências que vão ajudar em muito no desenvolvimento e qualificação do mercado afim.

O Centro Universitário INTA (UNINTA) realizou no último final de semana, a 1ª Exponoroeste, mobilizando criadores de gado, e de outros setores do agronegócio, movimentando o setor de turismo rural, trazendo investidores de outros estados e países.

A feira surgiu com o intuito de revitalizar o agronegócio da região, sem investimento há anos, além de incentivar a criação de gado no estado, que em meados do século XVIII era conhecido como a civilização do couro. Naquele período, a principal atividade econômica cearense era a pecuária.

A exemplo de alguns produtores do eixo Minas, Rio e São Paulo, o grupo GORJ conta hoje com 15 fazendas, somando um total de 7.082 hectares de terras e milhares de cabeças de gado leiteiro. A EXPONOROESTE surge de forma surpreendente no Ceará, fomentando o turismo na região.

O evento integra a programação que comemora os 19 anos da instituição, que conta hoje com 32 cursos presenciais no Ceará, mais 33 EAD, além de estar presente em 150 cidades dentro e fora do País. No primeiro dia da feira os alunos do curso de medicina veterinária foram beneficiados com um curso de apicultura e avicultura, ministrado pelo professor Marcelo Porto.

Além dos agropecuaristas, participaram da feira, concessionárias, corretores de imóveis, criadores de outras espécies de animais e outros pequenos negócios, O evento contou ainda com um leilão transmitido pela internet, julgamento de equinos e muares de marchas picadas e batidas. As comidas típicas deram ênfase à gastronomia nordestina, nos três restaurantes instalados dentro do evento. Vatapá, panelada, feijoada, sarapatel, comida produzida com leite de cabra e outras receitas regionais, fizeram parte do variado cardápio, contudo, o mais irresistível foram as festas abertas ao público. Atrações como Ítalo e Renno, Forró Real e outras bandas, reuniram cerca de 30 mil pessoas durante as três noites.

Com o sucesso da primeira edição, a ideia do reitor do Centro Universitário INTA, Oscar Rodrigues Júnior, é transformar a EXPONOROESTE numa das maiores feiras do Nordeste nos próximos anos. “Nós vamos construir aqui o primeiro hotel fazenda dessa região do Ceará e vamos transformar este evento numa feira tradicional na região Noroeste do estado”, revelou. Para 2019, Rodrigues já anunciou que vai incluir uma grande vaquejada e um rodeio no evento, além de outras atrações que vão incrementar o turismo local, beneficiando as cidades de Cariré e Sobral.
Os visitantes puderam contar ainda com consultórios médicos na carreta da saúde, equipe de enfermeiros, técnicos, além da ambulância UTI de pronto atendimento, durante os três dias de feira.
Alunos da escola profissionalizante de Cariré também visitaram a exposição de animais. O agropecuarista Valter Alencar Neto, de Teresina/PI, conta que ficou impressionado com a estrutura do evento. Valter foi premiado na pista de julgamento com a raça de ovino Dorper, além de fechar bons negócios durante o leilão.
ACESO GRATUITO
Na véspera do dia dos pais, muitas famílias compareceram para conhecer o Parque de Exposições. Os visitantes fizeram passeios de pedalinho no lago, passarem em pôneis, quadricíclos e à cavalo. Crianças também ganharam um espaço para desenvolver atividades artísticas.
A segurança chamou a atenção do público. Além dos 75 postes de iluminação instalados no interior do Parque, a estrada de acesso também recebeu iluminação, veículos faziam ronda durante toda a madrugada e 42 seguranças foram distribuídos em todo o percurso. Outros 100 profissionais garantiram a tranquilidade do evento, objetivando reforçar a segurança que contou ainda com dois carros de apoio,
#agronegocio #feira #caprino #ovino #negocio
Por Wellington Macedo
COMPARTILHAR