Confira a carta na íntegra enviada ao Blog Sobral 24 horas:
“Faço esta carta ao prefeito Ivo Ferreira Gomes, na pura ingenuidade, porque eu não sei, sendo muito sincero, se vai rir, esnobar ou tocarei seu coração. Esta cartinha tê-la-ia apresentado pessoalmente à S. Excelência, porque o conheço em pessoa. Mas servidor público, Guarda Civil que sou, não me atreveria a chegar perto de Sua Excelência, talvez com medo das perseguições que sofreria, com mudanças bruscas nas escalas de serviço, “criariam” inquéritos administrativos e sindicâncias em meu desfavor, além das retaliações a mim e familiares, bem peculiares AS SUAS MANEIRAS DE “TRATAR” a quem ouse desafiar vossa eminencia. Imploro a Vossa Senhoria, como quem pede água para beber e ar para respirar, que nos dê o mínimo de valor.
 
Assim, faço carta aberta por meio de internet para garantir a segurança pessoal e profissional.
 
Volvidos os primeiros meses à frente da Administração da cidade de Sobral, o Excelentíssimo Sr. prefeito deixa bem claro, o seu desapreço e não reconhece a importância da instituição Guarda Civil, onde poderia, pode e deve (teoricamente numa LEI FEDERAL, a 13.022), porém, na prática não contribui efetivamente em estabelecer ações efetivas em prol da segurança e bem estar dos sobralenses. Decorridos estes meses de seu mandato, Vossa Excelência instaurou como o primeiro acto mais “nobre”, recolher todas as viaturas e motocicletas, que faziam um precário, porém comprometido patrulhamento. 
 
Preocupou-me bastante também, quando S. Excelência Sr. Prefeito, ordenou o fim das horas extras e a redução em mais de 80%, do efetivo noturno, causando a perda, a nós servidores, do adicional noturno, tudo isto sem se falar que, há dois anos estamos sem reajuste salarial. Porém, V Eminencia, mesmo antes de assumir a cadeira de prefeito de minha cidade, teve seu salário reajustado em R$ 15.000,00 reais, afora diárias e regalias que o exercício do mandato, legalmente lhe fornece. Além de tudo, tentam nos “jogar” contra a população e vice versa, quando nos escalam para o serviço no Mercado Público, recolhendo sacolas de vendedores, fazendo um serviço executado antes, por fiscais da extinta SPLAN.
 
Ainda na mesma ordem de histórias citaremos, o convênio firmado entre a prefeitura e a Policia Militar, onde são repassados mensalmente o valor de R$ 90.000,00 (noventa mil reais), o que equivale, por ano a R$ 1.080.000,00 ( hum milhão e oitenta mil reais), este valor, mais que daria para tornar hábil, por meios de cursos de qualificação e de reciclagem, os membros da Guarda Civil e estes poderem utilizar armamento. O que é mais efetivo e eficaz? Dois agentes numa praça, auxiliando na estética, junto dos postes em estilo clássico, ou dois homens devidamente treinados, preparados e bem armados numa viatura, em patrulhamento pelas ruas da cidade? 
 
Caro prefeito, no Carnabral existe uma grande diferença entre vestir a camisa, se fantasiar e principalmente, se fardar. Lembre se disto, quando estiver na Micareta. 
 
 
Ilustríssimo prefeito, intelectual que é, ainda tenho esperança de sua capacidade de reconhecer e de perdoar, aqueles que Sua Excelência enxerga como traidores. Sim, todos sabermos que existe certo rancor, ainda por conta da campainha eleitoral, onde nós fomos os únicos a criar coragem e expressar em quem apoiaríamos para prefeito de Sobral. 
 
Excelência, não imagina do calvário que é, para nós mães e pais de família, termos que sobreviver, diante de tantas dificuldades financeiras. Para terminar fecho com meu muito obrigado pelo tempo que me legou a ler estas desalinhavadas palavras.”
COMPARTILHAR