Uma faixa de terra pertencente à Diocese de Sobral, remanescente da construção do conjunto de prédios do seminário da Betânia (edificação iniciada em dezembro de 1918 e inaugurada em 25 de fevereiro de 1925), famílias carentes foram chegando e construindo suas casas. O bispo de Sobral na época, Dom Motta (João José da Motta e Albuquerque, 1961/1964) delegou ao padre Francisco Sadoc de Araújo, reitor do seminário a coordenação de entrega de lotes para as famílias. O padre Sadoc com a sua indiscutível competência e auxiliado pelos seminaristas da época, organizou a comunidade. O solo é acidentado e a parte mais alta, os tratores cavaram para tirar terra e construir a pista do aeroporto de Sobral (prefeito Padre Palhano, 1959/1963). Detalhe: na época, o assunto era a construção e inauguração da cidade de Brasília/DF (início em 14/09/1956, final em 21/04/1960). Então padre Sadoc orientou sua equipe: já existia Alto do Sumaré, Alto do Cristo e aqui vai ser “Alto da Brasília”. As ruas com nomes das capitais dos estados membros (Rua São Paulo; rua Maceió, etc.) e a Praça Central com o nome de: Praça Fortaleza. Deu certo, visto que a febre no momento, era a construção e inauguração da capital federal Brasília. O bairro cresceu, avançou pelo pantanal do Alto da Brasília e emendou com o bairro Expectativa; o Recanto; Vilagem Betânia; Conjunto Cesário Barreto; Universidade UVA e o Parque Lagoa da Fazenda. A lei 107/89 de 07/11/1989 delimita o bairro Alto da Brasília e conforme o censo 2010 a população de Alto Brasília é distribuída entre homens e mulheres. A População masculina representa 4.837 habitantes, e a população feminina, 4.974, totalizando 9.811 habitantes. O bairro Alto da Brasília vai completar 54 anos em 14 de setembro de 2019. Sua área foi doada pela Diocese de Sobral na mesma época da construção da cidade de Brasília/DF.

Prédio da Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA), antigo Seminário da Betânia
  • Construção da cidade de Brasília/DF: na constituição federal de 1891, já previa o distrito federal no planalto central. O médico Dr. Jucelino Kubitschek de Oliveira (*12/09/1902…+22/08/1976) foi eleito presidente em outubro de 1955 e com o plano de metas “cinquenta anos em cinco”, fez o projeto de Brasília e foi aprovado pelo senado do Rio de Janeiro dia 14/09/1956. A obra foi executada em menos de 4 anos e foi inaugurada a cidade de Brasília dia 21 de abril de 1960. A última reunião do senado no Rio de Janeiro foi dia 15/04/1960 e dia 21/04/1960 já aconteceram em Brasília. Francisco de Almeida Monte foi o primeiro deputado federal a falecer em Brasília (*03/10/1893…+16/03/1961) aos 67 anos de idade.
  • Escola Raul Monte: Construída pelo prefeito Jerônimo Medeiros Prado (*15/07/1909…+17/10/2003) no período de 1967/1971. Homenageou o cidadão Raul Monte que era solteiro. Fazendeiro e primo legítimo do deputado Chico Monte. Raul Monte morava na Praça Professor Arruda; conhecida Praça do Amor. O prefeito Jerônimo Prado gostava de inaugurar suas obras no 1° de maio dia do trabalho. O prédio da escola Raul Monte foi demolido dia 03 de fevereiro de 1998 pelo prefeito Cid Ferreira Gomes. Foi construída a nova escola Raul Monte e foi inaugurada dia 24 de fevereiro de 1999, prefeito Cid Ferreira Gomes e secretário de educação Dra. Ada Pimentel e fica localizada na Rua Maceió.
  • Centro de atenção integrada à criança – CAIC construído no período do presidente da República Collor de Melo entre 15/03/1990 e 29/09/1992. O CAIC foi administrado pela universidade UVA e hoje funciona a escola Raimundo Pimentel Gomes do município de Detalhe: o presidente Collor de Melo e vice Itamar Franco, foram eleitos em dois turnos: primeiro dia 15/11/1989 e segundo dia 17/12/1989. Eleitos com mais de 25 milhões de votos válidos. Collor e Itamar foram diplomados dia 30/12/1989 às 11h. Feriado bancário nos dias: 14, 15 e 16/03/1990. Posse do presidente e vice: Dia 15/03/1990. Impeachment do presidente, votação do afastamento dia 29 de setembro de 1992 terça-feira, Collor cassado por oito anos. Itamar Franco assumiu com seu novo ministério dia 02 de outubro de 1992 até o fim do mandato.
  • Casas de turma da RFFSA: São cinco casas onde moravam os trabalhadores da Ferrovia Camocim/Sobral construídas com a estrada de Ferro entre maio de 1878 e inauguradas em Sobral com a estação do trem dia 31/12/1882. A Ferrovia foi desativa em 1976 e as casas são habitadas por populares. A localidade é o recanto onde foi implantada empresa Grendene.
  • A Praça Fortaleza: Na verdade não existia Praça, era apenas o espaço desocupado e o vereador Domício Pereira Rodrigues arranjou com o executivo a construção da Praça e denominou de Praça Paulino Rocha. Fica no meio do percurso da rua Belo Horizonte. Domício Pereira Rodrigues era radialista forrozeiro e foi vereador na câmara municipal de Sobral nos períodos: 1983/1988 e 1989/1991 quando faleceu em acidente de carro dia 10 de maio de 1991.
  • Centro Social Rosa Gattorno: ao lado da universidade UVA presta relevante serviço à comunidade com um amplo salão para eventos, encontros e celebrações. Madre Rosa Gattorno, fundadora da congregação das Filhas de Santana e tem residência das religiosas.
  • Seminário da Betânia: Prédios construídos 1918 e inaugurados dia 25/02/1925 funcionou muitos anos e cedeu lugar para a universidade UVA criada pela lei municipal n° 214 de 23 de outubro de 1968 sancionada pelo prefeito Jerônimo Prado. E primeiro reitor, o Padre Francisco Sadoc de Araújo. A capela do seminário, hoje da UVA foi inaugurada dia 30 de setembro de 1945, dia da ordenação sacerdotal do Padre Palhano. A estrada da UVA (Seminário na época), foi construída por Dom José Tupinambá da Frota, iniciada em 02/08/1932 e finalizada em 1935 e foram utilizados mais ou menos cem jumentos para fazer o transporte da terra para fazer o aterro na lagoa dos macacos.
  • Sociedade amigos do bairro Alto da Brasília. Fundada em 27/10/1985. Mandato de 2 anos. Lei de UPM n° 001/87 de 25/02/1987 sede na rua Belo Horizonte.
  • Associação Comunitária do Bairro Alto da Brasília. Fundada pelo Sr. Meruoca (João Evangelista de Sousa) dia 29/10/1987). Mandato de 2 anos. Lei de UPM n° 080/89 de 16/04/1989. Sede na rua Belém S/N. Fundador é João Evangelista de Oliveira.
  • Associação comunitária Raul Monte. Fundador Sr. José Maria Rosa. Fonte de informação, jornal dia 1° de maio de 2002.
  • Grêmio Recreativo Escola de Samba Mocidade Independente do Alto da Brasília. Presidente Sr. Edmilson Ferreira de Sousa, conhecido por Edmilson Caboré.
  • Turma da Favela. Rua Rio de Janeiro n 283 Alto da Brasília. Presidente Sr. Raimundo Nicolau Tavares. Homenageou os garçons em 1987.
  • Projeto aprovado na Câmara Municipal de Sobral, muda o nome da Rua Rio de Janeiro (junho/2005) para rua José Renato Coelho Rodrigues, vigilante do supermercado morto dia 27/02/2005 a bala pelo Juiz de Direito Pedro Pecy Barbosa de Araújo.

 

 

FONTEAdalberto Mendes de Mesquita
COMPARTILHAR